14 agosto 2009

Ridge Racer - Review Zeebo


Título: Ridge Racer
Video Game: Zeebo

Nota: ZERO! Não vou nem perder meu tempo adicionando figura aqui.


Comentários:
"Estão de Sacanagem com a minha cara". Juro que foi que pensei após ter gasto R$19,90 na compra de Ridge Racer para o Zeebo.

O jogo é tão ruim, mas tão ruim que eu até coloquei o meu Zeebo para vender. É sério mesmo. Não vou ficar com um videogame que só roda jogos de celular se eu tenho um celular para jogar este tipo de jogo. O pior mesmo é quando o jogo do Zeebo é ainda pior do que o do celular!!!! Sim, isto é possível. Ridge Racer do Zeebo é pior do que o Ridge Racer em java para celulares.

Primeiro os méritos do jogo: ele não tem tempo de carregamento. Uma vez que o jogo inicia, passar de uma tela para a outra e iniciar uma corrida é instantâneo. Além disso, tem uma variedade legal de carros. Pronto. Estes são os únicos méritos do jogo.

Vamos começar o massacre pelos gráficos: fracos. Eles são muito próximos dos gráficos encontrados no Saturn e PSOne. Para ser mais específico, achei os gráficos bem parecidos com o Drift King 97 do Saturn. A diferença é que para o Saturn, estes gráficos são espetaculares, mas para um videogame 15 anos mais novo, "isso é uma vergonha", como diria Boris Casoy.

Mas isso poderia até ser relevado como foi no Alpine Racer. No entanto, ao contrário de Alpine Racer, Ridge Racer possui uma taxa de quadros muito inconstante. Em alguns momentos os gráficos estão super fluídos e com o carro a alta velocidade, mostrando que o console é capaz de rodar o jogo com uma taxa de quadros decente. Mas em diversos outros momentos, a taxa de quadros subitamente cai. E cai muito! Acaba com toda a dinâmica do jogo. Sem falar que quando o carro está com uma velocidade mais baixa, parece que ele está em camera lenta. É difícil explicar, mas parece que ao invés deles fazerem o carro andar mais devagar, eles diminuem a velocidade do jogo. É simplesmente estranho.

Mas tudo bem. Eu também poderia relevar a taxa de frames variando pra caramba durante o jogo, se como em Alpine Racer, a jogabilidade fosse maneira. Mas...
Ridge Racer do Zeebo é um dos piores jogos de carro que já joguei na minha vida. A jogabilidade é horrível. Mesmo para um jogo estilo Arcade, o controle do carro é muito fora do real. O carro não parece ter aderência ao chão. Parece andar flutuando na pista. E a derrapagem, medida necessária em algumas curvas, é simplesmente algo hilário. O carro continua seu caminho para frente, mas girando em torno de um eixo que passa pelo seu meio. Que carro faz isso? É como se você amarrasse um barbate num carrinho de brinquedo e voasse com ele por uma pista ao invés de ir puxando ele pelo chão. Além disso, a derrapagem é quase que um piloto automático. Quando se está derrapando, você não consegue controlar a direção do carro, então o carro segue pela pista fazendo todas as curvas sozinho! Ou seja, se você conseguir derrapar e manter o carro girando por muito tempo, é bem capaz de dar uma meia volta sem bater numa curva sequer. Mais uma vez, o controle dá a impressão de que o analógico no jogo é praticamente a mesma coisa que o digital.

A quantidade de pistas é uma mentira deslavada. A primeira vista, parece que o jogo tem quatro pistas. Mas olhando com atenção, você vê que são apenas 2 pistas, cada uma com dois níveis de dificuldade. Vencendo nas "quatro pistas", você desbloqueia mais quatro. Que na verdade, são apenas aquelas "quatro" mas agora no sentido inverso.

Mas não é só isso! Tem mais!
A parte sonora é típica de jogo de celular. Só uma musiquinha mid (bem chata aliás) tocando no fundo. Nada de efeito sonoros (tem som de derrapagem pelo menos). E quando digo nada de efeito sonoro eu quero dizer que NÃO HÁ SOM DO MOTOR DO CARRO! Ridge Racer, se não me engano, é o primeiro jogo para o Zeebo que permite você escolher entre câmbio automático e manual. Poxa, jogar com o câmbio manual sem escutar o motor é pura sacanagem dos programadores. Além de não ter o som do motor, não está presente aquela narração maneira da versão para PSOne.

E finalmente, este é o ponto que me revoltou mesmo. Ridge Racer é um jogo que foi lançado ha 15 anos para PSOne e os caras que fizeram a versão para o Zeebo tiveram coragem de capar o jogo, deixando-o pior que a versão 15 anos mais velha! Como assim?! Além da narração e o som do motor terem sido cortados, eles tiraram aquelas mulheres de maiô que ficam com a placa na largada. Tiraram a sombra debaixo do carro. Tiraram até o efeito gráfico mais legal do Ridge Racer: o efeito da luz do túnel no carro! Você entra e sai do túnel e a carroceria do carro não sofre nenhuma alteração na cor!

Eu não sou desenvolvedor de jogos. Imagino que fazer um jogo seja difícil pra caramba e dê muito trabalho. Mas independente da profissão, o cara tem que procurar fazer um trabalho caprichado. Prestar atenção nos detalhes. E a impressão que eu tenho é que as pessoas que estão fazendo estes jogos para o Zeebo nunca jogaram videogame e são um monte de preguiçosos. Será que eles realmente jogaram o Ridge Racer e pensaram "Putz! Isso tá muito bom! Tô orgulhoso do meu trabalho." ?

Duvido.

Para terminar, o jogo não está totalmente traduzido para o português, uma promessa da tectoy para TODOS os jogos e está com alguns bugs não muito importantes como fazer uma curva ao redor de um morro e ver através do morro os carros que estão na sua frente.

Resumo da ópera: quer gastar R$19,90 neste jogo? Deposita este dinheiro na minha conta que garanto que a fila do banco vai ser muito mais divertida!


Mais informações
Tamanho: 20.62MB
Preço: R$19,90

Um comentário:

luiz disse...

fala ae brunão, show d bola seu post, um abração brow, não troco meu ps2 por nada...